Anima | Animus

Anima é também a caricatura do Eros feminino. Eros é um entrelaçamento, é a relação. O sal representa o princípio feminino do Eros, o qual faz todas as coisas se relacionarem entre si, uma relação de sentimento. Para Jung, o homem será forçado a desenvolver seu lado feminino para Eros. 

 

Fonte da imagem: http://www.pinterest.com/pin/391109548862585075

 

Anima e animus vivem e funcionam no substrato filogenético que Jung chamou de inconsciente coletivo. É a mente de nossos ancestrais desconhecidos. Enquanto anima volta para trás, animus está mais preocupado com o presente e o futuro. Anima e animus precisam um do outro.

Abaixo, são apresentados os quatro estágios da fenomenologia erótica com os quatro níveis de anima1, ou os quatro estágios de desenvolvimento de anima e animus2, onde anima representa Eros e animus, logos:

1 HILLMAN, James. Anima Anatomia de uma Noção Personificada, página 35.

2 JUNG, Carl Gustav. O Homem e Seus Símbolos, páginas 185-194.

 

Fonte do texto: ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE PSICOLOGIA JUNGUIANA, TURMA 600. CASAMENTO: A RELAÇÃO ANIMA / ANIMUS. Trabalho N° 9. André Bertolino Rodrigues, Neusa Aparecida de Lima, Silvia Regina de Paula Oliveira. São Paulo, 2013.

 

L'IRIDE

Piracicaba | Rua Jacob Diehl, 422 | Morumbi – Próximo ao Hospital Unimed

Fone: 19 2533.3510 - contato@liride.com.br

Sonhos: Vidas Ocultas

Sob certos aspectos, os sonhos se assemelham às fantasias conscientes, pelo fato de terem caráter irracional, não dirigido. Mas os sonhos se distinguem das fantasias na medida em que suas causas, seu curso e seu objetivo são obscuros, à primeira vista, para a nossa compreensão. Mas eu lhes atribuo a dignidade de categoria de conteúdo da consciência, porque são a resultante mais importante e mais evidente de processos psíquicos inconscientes que ainda estão penetrando no campo da consciência."

(JUNG, C.G. A Natureza da Psique. 2000, §80)

 

 

Workshop teórico-vivencial em 2 períodos.

Programação:

Manhã

1ª. hora: apresentação de cada um dos participantes e dos principais conceitos da psicologia analítica. (apostila).

2ª. hora: esclarecimento de dúvidas sobre os conceitos apresentados.

Entre a 2ª e 3ª hora: café.

3ª. hora: estrutura e processo analítico dos sonhos.

 

Tarde

4ª. hora: vivência - imaginação dirigida.

5ª. hora: análise de sonhos - caso clínico de Jung.

Entre a 5ª e 6ª hora: café.

6ª. hora: análise de sonhos.

7ª. hora: integração dos conceitos aprendidos com os vivenciados (encerramento).

 

Data: Domingo dia 24/08/2014.

Horário: das 9h às 18h. (com 2h de almoço).

Local: L'iride

Contribuição: R$ 50,00 por participante (material já incluído).

Inscrição Antecipada (Até 18 de agosto de 2014)

- R$ 50,00 à vista em cheque ou depósito. 

Inscrição Tardia – Acréscimo sobre o valor original (Após 18 de agosto de 2014)

- R$ 99,00 à vista em cheque ou depósito.

Instrutor: André Rodrigues. Especialista em Psicologia Analítica, Arteterapeuta.

Inscrições: (19) 98241 0858 & andrerodrigues@liride.com.br

 

CLIQUE AQUI PARA SE PRÉ-INSCREVER!

CLIQUE AQUI SE TODAS AS VAGAS PARA ESTE EVENTO ESTÃO PREENCHIDAS E RESERVE SUA VAGA PARA A PRÓXIMA EDIÇÃO DESTA PALESTRA!

Vagas limitadas 

 

L'IRIDE

Piracicaba | Rua Jacob Diehl, 422 | Morumbi – Próximo ao Hospital Unimed

Fone: 19 2533.3510 - contato@liride.com.br

Criatividade, Educação e Arte

 “Não é possível uma educação intelectual, formal ou informal, de elite ou popular, sem Arte, porque é impossível o desenvolvimento integral da inteligência sem o desenvolvimento do pensamento divergente, do pensamento visual (...) que caracteriza a Arte”.

Ana Mae Barbosa 

Fonte da Imagem: freeimages.com

 

A arte contribui para ampliar a percepção do ser humano em relação ao mundo e ao meio que o cerca, submetendo-o a ângulos de visão aos quais não estão acostumados.

Ao ampliar a percepção é possível perceber que não precisamos deixar o que estamos fazendo para enxergar as coisas de forma mais abrangente, basta que olhemos o que estamos fazendo de forma diferente, e o que há de diferente dentro da forma comum.

Exemplo disto é a dicotomia entre Ciência e Arte, que ainda é um paradigma vigente em quase todos os campos do conhecimento humano, até mesmo no educacional, dividindo-o nas áreas de exatas, humanas, biológicas... olhando-as de forma separada e diferente e não semelhante e complementar.

Há profundas relações entre uma e outra que raramente são trabalhadas, mas deveriam sê-lo, pois a maneira como se apresenta a visão de mundo através da ciência dos dias de hoje, pede que o homem construa novas formas de sentir, pensar e agir que possibilitem a construção de novas maneiras de ensinar e aprender. 

Trabalhar a Ciência sem a Arte ou a Arte sem a Ciência é desprezar uma parcela da criatividade, portanto se faz necessário a observação e o estudo do ser humano como um todo, visto que o homem e o meio onde ele vive formam um grande organismo interdependente.

Por esses motivos a integração dos hemisférios cerebrais, a complementação entre Arte e Ciência e uma visão holística destes conjuntos são mais do que necessárias, são fundamentais. 

No fazer artístico surge o espaço, o tempo, o sensível, a emoção... e o pensamento se amplia pois se torna ação experienciada e não somente processo racional. As emoções participam da racionalidade através do corpo, é possível, portanto, através da Arte e da Criatividade, reatar a ligação entre sujeito e objeto, mente e matéria, qualidade e quantidade, sentimento e razão, liberdade e determinismo. 

Utilizar a Arte e a Ciência, forças complementares e compensadoras, a serviço da educação e formar por meio delas verdadeiros homens integrais, é uma ideia ousada e criadora que só pode amadurecer na mente daqueles que se dispuserem a ir além dos paradigmas. 

 

L'IRIDE

Piracicaba | Rua Jacob Diehl, 422 | Morumbi – Próximo ao Hospital Unimed

Fone: 19 2533.3510 - contato@liride.com.br

Mitologia Grega: Casamento

Na mitologia grega, o casamento visa fecundidade e fertilidade. É um ritual onde a noiva é “raptada” da casa dos pais para sua nova casa. O mundo moderno mantém de certa forma este ritual: as noivas são transportadas nos braços do marido para dentro do novo lar ou do quarto na primeira noite de núpcias. (Junito de Souza Brandão, 1987)

Fonte da imagem: mitologia.huum.com.br/files/2012/07/Zeus-e-Hera.jpg


Hera, por exemplo, é a deusa do casamento, deusa da Fertilidade, casada com Zeus que simboliza não apenas as forças brutas da natureza, mas, exprime a oposição à espiritualização harmonizante. (Junito de Souza Brandão, 1987)


Eros, deus do amor, nasceu do Caos e Nix, mas tem várias versões de genealogias, e por fim é considerado filho de Hermes e Afrodite. Um intermediário entre os deuses e os homens e, como o deus do amor está à meia distância entre uns e outros, preenchendo o vazio, tornando-se, assim, o elo que une o Todo a si mesmo. (Junito de Souza Brandão, 1986)


Os casamentos dos deuses mitológicos podem ser comparados à união da anima e animus: muito intensos, com muito ciúme, emoção e vingança, sem a presença do ego e da consciência.

 

Fonte do texto: ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE PSICOLOGIA JUNGUIANA, TURMA 600. CASAMENTO: A RELAÇÃO ANIMA / ANIMUS. Trabalho N° 9. André Bertolino Rodrigues, Neusa Aparecida de Lima, Silvia Regina de Paula Oliveira. São Paulo, 2013.

 

L'IRIDE

Piracicaba | Rua Jacob Diehl, 422 | Morumbi – Próximo ao Hospital Unimed

Fone: 19 2533.3510 - contato@liride.com.br

Um dia com Jung

"Uma consideração importante sobre a consciência é que não pode haver elemento consciente que não tenha o ego como ponto de referencia. Assim, o que não se relacionar com o ego não atingirá a consciência. A partir desse dado, podemos definir a consciência como a relação dos fatos psíquicos com o ego."

(JUNG, C.G. Fundamentos de Psicologia Analítica. 2001, §4)

 

Fonte da Imagem: philemonfoundation.org/img/flashalt.jpg

 

Workshop teórico-vivencial em 2 períodos com 4h de duração cada.

Programação:

 

Manhã

1ª. hora: apresentação de cada um dos participantes e da vida e obra de Jung. 

2ª. hora: principais conceitos da psicologia analítica. (apostila).

Entre a 2ª e 3ª hora: café.

3ª. hora: esclarecimento de dúvidas sobre os conceitos apresentados.

4ª. hora: filme (Jung) + dinâmica da criança brincalhona.

 

Tarde

5ª. hora: vivência - persona / sombra (máscara duas faces).

6ª. hora: vivência - dramatização dos principais arquétipos. 

Entre a 6ª e 7ª hora: café.

7ª. hora: vivência - mix de dinâmicas (dança / relaxamento).

8ª. hora: integração dos conceitos aprendidos com os vivenciados (encerramento).

 

Data: Domingo dia 20/07/2014.

Horário: das 9h às 18h. (com 2h de almoço).

Local: L'iride

Contribuição: R$ 50,00 por participante (material já incluído).

Inscrição Antecipada (Até 07 de julho de 2014)

- R$ 50,00 à vista em cheque ou depósito. 

Inscrição Tardia – Acréscimo sobre o valor original (Após 07 de julho de 2014)

- R$ 99,00 em um depósito de R$ 50,00 na matrícula + R$ 49,00 até o dia do workshop em cheque* ou cartão**

- R$ 79,00 à vista em cheque ou depósito.

Instrutor: André Rodrigues. Especialista em Psicologia Analítica, Arteterapeuta.

Inscrições: (19) 98241.0858 & andrerodrigues@liride.com.br

 

CLIQUE AQUI PARA SE PRÉ-INSCREVER!

CLIQUE AQUI SE TODAS AS VAGAS PARA ESTE EVENTO ESTÃO PREENCHIDAS E RESERVE SUA VAGA PARA A PRÓXIMA EDIÇÃO DESTA PALESTRA!

Vagas limitadas

 

L'IRIDE

Piracicaba | Rua Jacob Diehl, 422 | Morumbi – Próximo ao Hospital Unimed

Fone: 19 2533.3510 - contato@liride.com.br

You News